[TRAD] 110222 Jay Park – A Walk In The Park, entrevista para Yo!Raps! Magazine

22 fev

Atualmente é muito mais recompensador para um artista ter vários talentos. Jay Park, cantor, rapper, dançarino e ator,  prova este fato. Park foi líder do grupo coreano 2PM. Aparições na TV e grandes apresentações que tinham seus ingressos esgotados, deram a Jay uma “fanbase” forte e sólida. Agora, como um artista solo que faz seu próprio caminho, Jay surpreendeu seus fãs com um vídeo em que ele faz cover da música Nothin’ On You de B.o.B e Bruno Mars que ele colocou em seu canal oficial no Youtube. Esse vídeo ultrapassou 5 milhões de visualizações. A popularidade do vídeo fez com que a Warner Music Korea lançasse uma versão de Nothin’ On You,  e essa tornou-se número um nas paradas coreanas em um período de tempo espantosamente rápido. Jay parece ter tudo sobre controle. Sua aparência jovem, passos de dança explosivos e a habilidade de cantar e dançar, fazem com que muitos acreditem que ele será a próxima grande estrela dos Estados Unidos.

Olá, Jay Park! Bem-vindo a Yo!Raps! Você nasceu e foi criado em Seattle, Washington, e em 2005 você migrou para Seul para exercitar suas habilidades em dança, “rap” e canto, assim como aprender a língua coreana. Como foi sua experiência? Isso tudo foi um grande choque cultural para você?

No começo eu não estava acostumado a isso. Tudo foi muito difícil para mim, mas essa experiência fez com que eu me tornasse uma pessoa mais forte.

Em março de 2010, você postou no Youtube um cover da música de B.o.B e Bruno Mars chamada Nothin’ On You, e esse vídeo ganhou 1,5 milhão de visualizações em menos de 24 horas. Isso fez com que a Warner Music Korea lançasse uma versão da música, que foi logo para o primeiro lugar das paradas coreanas. Fale um pouco sobre esse episódio.

Essa é uma música que eu gostava muito de ouvir na época, e meus fãs não me viam fazia tempo; eu sempre quis fazer covers no youtube, então eu fui lá e fiz.

Como você descreveria seu estilo musical para aqueles que, talvez, nunca ouviram sua música?

Eu gosto de Hip-Hop, Rap, R&B, Funk e, atualmente, a “eletro dance”,  que está na moda. Eu sou um pouco de tudo. Eu gosto de mostrar minha versatilidade!

Você está produzindo um novo álbum? Se sim, o que podemos esperar ouvir de você? Você vai cantar, fazer “rap” ou os dois?

Estou produzindo um novo álbum que sairá em abril, e, novamente, terá rap, eu cantarei, dançarei, e tudo mais. Eu fiz todos os arranjos vocais e letras, e meus companheiros produziram as batidas e participaram das canções. Foi tudo feito “em família”.

Que músicas você tem lançado ou participado como artista solo?

Bem, eu lancei o remix de Nothin’ On You, e também algumas colaborações com meu parceiro Cha Cha que faz parte do meu grupo de b-boys, AOM. Essas músicas são Speechless e Bestie. Bestie é como um hip-hop divertido e Speechless é como uma canção triste de R&B.

Assim como cantor e rapper, você também é ator e dançarino. Você faz parte de um grupo de b-boys chamado Art Of Movement (AOM). Conte-nos um pouco sobre AOM; quantas pessoas fazem parte do grupo e como vocês se formaram?

Tem mais ou menos 10 membros (risos). Nós nos conhecemos através da dança. Praticávamos nos mesmos lugares e nos encontrávamos em “batalhas”, então nós crescemos nos divertindo e dançando juntos.

Como seu amor por esse tipo de arte começou?

Meu amor por hip-hop começou quando meu primo me fez escutar a música Regulate do Warren G, eu estava na segunda série; meu amor por “breakdancing” começou como um passatempo quando eu estava no segundo ano do ensino médio, e, uma vez que eu comecei, fiquei viciado.

O AOM entrou em alguma competição entre b-boys?

Nós participamos de várias delas. Eu participo sempre que tenho tempo. Semana passada, nós fomos a um encontro de b-boys chamado “Mighty 4”, em Portland, e nós ganhamos a competição! Um salve para Paulskee, 206 Zulu e Moon Patrol.

Como mencionado, você também é ator, e tem o papel principal no filme de street dance chamado Hype Nation. Você também gravou a música Demon para a trilha sonora do filme. Atuar é algo que você gostaria de fazer mais vezes no futuro? Você tem planos de atuar em outros filmes?

Eu só atuei algumas vezes até agora e eu achei bem legal, mas, sei lá. Teremos que discutir mais sobre isso, porque atuar é bem difícil! (risos)

Quais são seus planos para 2011?

Você terá que esperar pra ver. Mas já adianto que vai ser uma loucura!

Agora, fale para as pessoas como elas podem te encontrar na internet.

Você pode me encontrar nos seguintes sites: http://www.twitter.com/jaybumaom,
http://www.facebook.com/jaypaom, http://www.youtube.com/jayparkaom e http://www.jaypark.com.

– Por Jai Boo

Traduzido para o português por Sara Bee (@sarabeeprime)

Créditos: Yo! Raps Magazine via @ JAYBUMAOM + bestof2pm@wordpress
Não tirar sem a constatação de crédito, por favor!

Uma resposta para “[TRAD] 110222 Jay Park – A Walk In The Park, entrevista para Yo!Raps! Magazine”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tweets that mention [TRAD] 110222 Jay Park – A Walk In The Park, entrevista para Yo!Raps! Magazine « Best of 2PM! -- Topsy.com - 23 de fevereiro de 2011

    […] This post was mentioned on Twitter by Sara Bee 사라비 , Sara Bee 사라비 . Sara Bee 사라비 said: Essa entrevista http://tinyurl.com/5vbhvs9 foi traduzida e está disponível p/ as queridas Jwalkers brasileiras: http://tinyurl.com/6x2ngqr […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: