Tag Archives: singles magazine

[TRAD] Entrevista com Junho para a edição de outubro da revista Singles

22 set

Junho tirou a roupa do show, limpou a maquiagem, e desceu do palco. Ele é agora um garoto simples e básico de 22 anos.
Se você tirar todas as roupas sofisticadas e a maquiagem, o Junho que está aqui na nossa frente é um garoto inocente. O Junho que dividiu uma pizza com o pessoal do estúdio e conversou sobre sua última visita a sua casa e contou-nos histórias sobre sua gata desapareceu, e seus olhos revelam uma espécie de tristeza interior.
Certamente este não é o visual do animado Junho que conhecemos. Neste momento, ele não é o Junho do 2PM que é trabalhador e recebeu o título de “Junho, o ambicioso”. Ele não gosta de ser uma pessoa entediante.
Contudo, ele não pode esconder a energia positiva que ele possui, e nem os planos que ele tem para o futuro. Não vai largar tudo e parar de trabalhar. 
Para tornar-se um cantor, ele por vezes deixou de comer para exercitar-se, até mesmo aqui no set de filmagens ele é empenhado e mostra o desejo de seguir sua carreira como ator. Mesmo enquanto ele dorme, acorda e do nada compõe uma melodia que apareceu em seus sonhos. Nós falaremos sobre isso aqui.
Agora, ele está agitado, como uma bússula indo de um lado para o outro, Junho pergunta se, no futuro, quando ler esta entrevista ele estará se sentindo da mesma maneira. As coisas que ele deseja fazer, será que ele ainda pensará tanto quanto o Junho de 22 anos de aparência melancólica? Hoje, se Junho expressar seus pensamentos ele pode tornar-se uma versão mais despreocupada de si mesmo no futuro.

E como você passou o feriado de Chuseok(Dia de ação de graças da Coreia)?
Graças a Deus não tivemos que trabalhar nesse dia. Eu passei o feriado com a minha família. Eu não visitava a minha casa fazia um tempo, então, pude ver minha mãe, pai e minha irmã mais velha, mas tive que deixá-los um pouco mais cedo porque eu tinha um compromisso. Minha casa fica em Illsan e, pensando nisso, é a primeira vez que eu estive em casa desde o Ano Novo Chinês. Minha mãe pediu que eu desse uma passadinha em casa pelo menos uma vez por mês.

Durante as promoções de Hands Up, todos os membros do 2PM pareciam bem confortáveis e isso foi legal. Quais foram as partes boas e ruins das promoções desse álbum?

Estar confortável foi bom e ruim ao mesmo tempo. Eu cobro muito das nossas apresentações, elas tem que valer a pena, mas, sei lá, parecia que a gente só estava pulando e brincando no palco, deve ser por isso que foi ruim de certa forma. Mas contrariando o que eu achei que seria, recebemos muito amor. É uma pena que o período de promoções foi tão curto. E durante todo o tempo que fizemos as promoções, choveu demais na Coreia.

A sua música Give It To Me faz parte da trilha sonora do filme ‘Blind’. Essa música foi composta baseada em uma experiência real ou tem um história por trás dela?

Eu queria que essa música tivesse aquela vibe de “estou apaixonado”♥. Em um sonho que eu tive, estive apaixonado por alguém, e após ter um sonho desses eu queria de fato estar apaixonado daquele jeito. Tem umas pesquisas que dizem que se alguém aparece nos seus sonhos, é provável que você comece a gostar dessa pessoa. Enfim, eu escrevi essa canção logo que eu acordei, não demorou mais de 30 minutos. Isso aconteceu após eu ter gasto o dia todo, dias depois de eu ter passado meses trabalhando em algo, eu não tinha inspiração, então foi ótimo. Realmente, para compor uma música você precisa estar conectado pessoalmente com a letra.

De onde você tira inspiração para compor suas músicas?

Tem vezes em que penso em alguma coisa do nada enquanto eu brinco com o piano ou antes de ir me deitar para dormir. Já gravei melodias diretamente no meu celular só murmurando a canção. Acontece também de eu ouvir uma melodia em um sonho mas depois não conseguir lembrar quando eu acordo. Às vezes, eu lembro só um pedaçinho da melodia, mas eu corro risco de ser acusado de plágio, né? (risos) Já que os sonhos refletem alguma experiência pessoal que tivemos. Eu normalmente carrego um caderno comigo e sempre que tenho tempo eu escrevo alguma coisa que surge na minha cabeça.

Que músicas você tem no seu MP3 agora? Você tem ouvido alguma música repetidamente nesses últimos dias?

Eu tenho tentado não ouvir música. Eu não quero enjoar de comer coisas boas. É assim que tenho feito. Não importa o quão boa é certa música, ouvir demais irrita meus ouvidos e eu não consigo mais ouví-la. Daí eu vou ler algum livro ou quadrinhos e tento ficar longe de música por um tempinho.

Oh. E que livros você tem lido?

Ah, livros de menino. Eu li até o volume 71 de “Detective Conan”. E uma história em quadrinho inacreditável chamada “Elite Good-for-Nothing”. Parece que livros que não exigem que eu pense muito fazem bem pra mim. Eu li a primeira parte de “What is definition” e outros que tem muitas figuras de gatos como o “Cheer up, Kitty”. Já que eu gosto muito de animais, acho que gosto de ver fotos de animais.

Vimos alguns tweets seus mostrando sua preocupação por animais abandonados ou maltratados. Você passou por algo que te fez se interessar tanto por animais? Continue lendo

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: